Roberta Campos mostra novo disco em show solo no Sesc Belenzinho

27 julho 2017 |


Sesc Belenzinho apresenta, nos dias 5 e 6 de agosto, a cantora e compositora mineira RobertaCampos, integrando a programação do projeto Estação Brasileira.

Roberta sobre palco em show solo para apresentar músicas de seu quarto disco, Todo Caminho é Sorte(Deck Disc), e composições dos álbuns anteriores, além de sucessos das bandas Los Hermanos, U2 e Legião Urbana. No repertório estão hits da artista como “De Janeiro a Janeiro”, “Varrendo a Lua”, “Sete Dias”, “Felicidade” e “Minha Felicidade”.

Criadora de canções de grande potencial pop, o trabalho de Roberta Campos traz letras e melodias bem amarradas e levadas na simplicidade crua do violão. No disco, a produção de Rafael Ramos evidencia esse talento da artista, não permitindo que a exuberância dos arranjos se sobressaia ao seu lado intérprete, compositora e instrumentista. 

Em Todo Caminho É Sorte Roberta não se encarregou apenas das vozes e dos violões. Reuniu uma banda de amigos para tocar os outros instrumentos. Fabio Pinczowski dedilhou a maior parte das teclas; Adriano Paternostro assumiu os baixos; e Loco Sosa fez a maioria das baterias e percussões. Participaram também outros músicos: Marcos Suzano (percussão), Zé Nigro (baixo), Christiaan Oyens (lap steel), Jota Moraes (vibrafone), Otávio de Moraes (arranjo de cordas), Danilo Oliveira (violão), Rafael Ramos (bateria), Marcelo Jeneci (teclados), Ricardo Amado (violino) e Marcus Ribeiro (cello).

Roberta possui cerca de 400 canções inéditas. Escolhe o que vai gravar a partir do conceito do álbum. O novo CD é o trabalho com um maior número de músicas composta em parceria. Danilo Oliveira é coautor das faixas “Minha Felicidade”, “No Tempo Certo das Horas” e “Cirandar”. Fernanda Takai também divide uma composição com Roberta, “Abrigo”, que inaugura a parceria entre elas. “Casinha Branca”, sucesso do potiguar Gilson (com Joran) na virada dos anos 70 para os 80, é a única música do disco não escrita por Roberta Campos.

Show: Roberta Campos
5 e 6 de agosto. Sábado (às 21h) e domingo (às 18h)
Local: TEATRO (392 pessoas). Duração: 1h30. Não recomendado para menores de 12.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Venda pelo Portal e unidades do Sesc.

Sesc Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000. Belenzinho – SP/SP. Tel: (11) 2076-9700
Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC).


Foto: Divulgação

Atrizes inauguram loja no Rio de Janeiro

|


 Adriana Bombom, as atrizes Claudia Alencar, Paula Frascari, Polliana Aleixo e  Giovana Angélica – a Musa da Mocidade Independente de Padre  Miguel – marcaram presença no lançamento da coleção de verão  da loja Maria Violeta, em Copacabana, no Rio de Janeiro. 


Veja mais um pouco:








Fotos: Marcos Fernandes (Repórter Fotográfico - MTB 33393)

Macaé 204 anos: Expo começa nesta quinta-feira

25 julho 2017 |

Macaé comemora 204 anos neste sábado (29) e a festa está garantida com atrações para todos os gostos na Expo 2017. A programação, com opções gratuitas, começa nesta quinta-feira (27), com abertura dos portões às 15h, no Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha. O espaço receberá até domingo (30) artistas renomados na música nacional, além de opções de lazer como fazendinha, parque de diversão, concursos leiteiros e gastronomia.

O espaço de shows será separado da entrada gratuita, cujos portões serão abertos, a partir da sexta-feira (28), às 10h. No espaço, o público poderá contar com praça de alimentação com dois restaurantes e food trucks,além de shows com bandas locais. Será realizado também um Festival do Chopp.

Shows

Grandes atrações da música irão animar o público. Na quinta (27), a diversão fica por conta do grupo Imagina Samba e Glauco Zulo. Já no sábado (29), aniversário de Macaé, a festa será comanda pelo Cidade Negra. Ambos os dias serão com entrada gratuita. A música sertaneja dará o tom na sexta (28), com a dupla Jorge e Mateus, e no domingo (30), com o cantor Luan Santana. Para esses dias, haverá cobrança de ingresso que pode ser adquirido no site: www.minhaentrada.com.br e em pontos de vendas credenciados.

A diversão estará garantida ainda na boate, que funcionará sexta (28) - com show do cantor Bira Bello -, sábado (29) e domingo (30). Os ingressos estarão disponíveis para venda no local.

Transporte e segurança

O deslocamento ao parque contará com reforço de linhas de ônibus. Durante o período do evento, o embarque e desembarque nos pontos do lado oposto ao Parque, na Rodovia Amaral Peixoto, além do localizado próximo à agulha, estarão proibidos. A medida é para evitar a travessia de pedestres na pista e, para isso, os ônibus que seguem sentindo no Lagomar, utilizarão a rotatória para deixar os usuários em frente ao Parque de Exposições.

O Terminal Central estará aberto por 24 horas em todos os dias da exposição. Táxis também estarão atuando no Parque com ponto na área de estacionamento localizada em frente ao portão principal. Já quem for de carro, poderá contar com estacionamentos particulares nos arredores.

A segurança do público dentro do espaço é outra preocupação. Por esta razão, na entrada, haverá detector de metais e salas de cautelas. O evento contará também com uma equipe de brigadistas, paramédicos, médicos e seguranças, além de um posto de saúde e ambulâncias.

Durante todo o evento haverá atuação de equipes da prefeitura no local com fiscais da Coordenadoria Especial de Vigilância Sanitária (Covisa), Posturas, Mobilidade Urbana, Turismo, Agroeconomia e Ordem Pública.





Com roteiro de Artur Xexeo, que lançou em maio deste ano Hebe, A Biografia, o musical, que deve estrear em outubro, terá ainda direção musical de Daniel Rocha, Cenografia de Gringo Cardia e Figurino de Fabio Namatame, além de outros nomes que farão jus à exuberância da diva da TV brasileira. 

Agora é fato: o musical que vai contar a vida e obra da uma das maiores divas da TV brasileira tem estreia prevista para outubro, direção artística de Miguel Falabella e uma ficha técnica de criativos para ninguém botar defeito. Veja:
Autor:  Artur Xexeo
Direção: Miguel Falabella
Coreografia: Fernanda Chamma
Direção musical Daniel rocha
Cenografia e Designer Gráfico: Gringo Cardia
Figurino: Fabio Namatame
Visagismo: Anderson Bueno
Video Cenario: Richard Luiz
Designer de som: Tocko Michelazzo
Designer de Luz: Guilhermo Herrero
O musical é o segundo passo da Plataforma Cultural Hebe Forever, encabeçada por Cláudio Pessutti, e que terá ainda um filme, que será desmembrado em uma minissérie para TV e um documentário, um livro fotográfico e uma exposição com o acervo de Hebe. O musical será estreado no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, seguindo para o Rio, com grandioso elenco.
Sobre Hebe Camargo
Paulistana de Taubaté, Hebe conquistou os brasileiros desde suas primeiras aparições como cantora, ainda na Rádio Tupi, na década de 1940. Hebe fez parte da comitiva que foi a Santos buscar os primeiros equipamentos para dar início à rede Tupi, primeira rede de televisão brasileira. Desde então, nunca mais saiu do ar, tornando-se A Rainha da Televisão Brasileira. Com sua personalidade forte, Hebe foi e ainda é um dos maiores ícones da nossa televisão: participou da primeira transmissão ao vivo, iniciou o primeiro programa feminino da TV brasileira, se tornou uma das maiores entrevistadoras do país.
Sobre a Plataforma Cultural
Liderado por Cláudio Pessutti, o projeto iniciado com a biografia de Hebe e que segue com o Musical terá ainda diversos eventos culturais, que serão lançados em 2017 e 2018, como a EXPOSIÇÃO com todo o acervo da apresentadora, como roupas e joias, e um FILME, que será desmembrado em uma MINISSÉRIE para TV e um DOCUMENTÁRIO. O anúncio dos próximos passos será realizado em breve, bem como as parcerias de peso que cada produto terá.

Foto: Divulgação

‘Marcia Peltier Entrevista’ Renato Noguera

23 julho 2017 |


O Programa Marcia Peltier Entrevista na Rádio JB FM  traz  na semana de 24 a 30 de julho a conversa com o  pesquisador,escritor e professor Renato Noguera.

Ele é doutor em Filosofia pela UFRJ e professor do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRRJ.

É autor do livro ‘’Ensino de Filosofia e a Lei 10639’’ e recentemente deu o curso ‘’O Que é o Amor?Como e Por Que Amamos?’’ na Casa do Saber do Rio de Janeiro.


Durante a conversa com Marcia Peltier, ele fala sobre o que é o amor,a definição de amor platônico,aborda a questão da monogamia,afirma que a paixão tem ‘’prazo de validade’’ e dá sua visão sobre se o ser-humano pode ou não viver sem amor.

 Você não pode perder  Renato Noguera  no Marcia Peltier Entrevista na Rádio JB FM  (99.9),em duas edições :de segunda à sexta, pela manhã  às 7h50 e  à noite,às 18h15,dentro do Painel JB.E aos sábados e domingos às 10h e 18h.

Foto: Divulgação

’Arena Chiqueiral’ completa 3 Anos

22 julho 2017 |


Centro de Lazer e Cultural Arena Chiqueiral Sotero Teixeira de Souza, em São Vicente (Terceiro Distrito de Araruama, no Rio de Janeiro), completou 3 anos no dia 13 de julho e hoje foi realizado um encontro com poetas, músicos e diversos convidados para marcar a data. Criado em homenagem ao poeta imortal Sotero Teixeira de Souza, 84 anos, residente em Arraial do Cabo e membro da Academia Cabista de Letras, o qual esteve presente acompanhado de sua família, o local foi idealizado pelo poeta Daniel de Mendonça Chaves e recebe, nos eventos que promove, agentes culturais, poetas, músicos, artistas e admiradores da proposta. Como o espaço vem ganhando amplitude, a esposa do Daniel, a professora Rojangela Clara da Costa Chaves, demonstra uma boa preocupação. “Daniel e eu amamos tudo isso aqui. Às vezes, quando paro e percebo a dimensão que a Arena está tomando, fico preocupada em preparar sempre o melhor. Ajudo bastante e envolvo outras pessoas, até ‘Amigos da Escola’. Muita gente colabora”, disse.



A Arena atrai e reúne pessoas, naturalmente. Uma dessas que apoia a ideia é o motorista Pedro Jorge Fernandes da Silva, também residente em São Vicente e amigo do Daniel. “Acho muito bacana. Ele resgata peças importantes para nosso Distrito. É maravilhoso termos espaços culturais como este! Sinceramente, para mim, Daniel é uma referência; ele tem prazer em mostrar todas essas riquezas culturais expostas aqui para os visitantes”, destacou.


Homenageado na Arena em fevereiro deste ano, o primeiro Locutor de Cabine da Rede Globo, o Radialista Ronaldo Cammarota, 78 anos, compareceu ao evento acompanhado de sua esposa, dona Maria Quadros. Desta vez, Cammarota recebeu mais uma homenagem. Como a Arena ganhou um novo cômodo que recebeu o nome “Espaço da Música e Poesia Maestro Ronaldo Cammarota”, o casal brindou a festa. Cantaram o Hino da Arena Chiqueiral, com letra da dona Maria e melodia do Cammarota e entoaram outras canções. O público aplaudiu a dupla, que emocionou a todos. Em sua análise sobre a iniciativa do Daniel, o Radialista expressou sua opinião. “Analiso a Arena como os versos do Hino. Aqui se encontra alegria, esperança e gente simples sincera. Desde que comecei em rádio e televisão e participei de corais, jamais vi gente assim. Essa turma que conheci aqui me dá muita felicidade. Gosto dessa sinceridade!”, enalteceu.



Por sua vez, dona Maria Quadros, que também é escritora, se expressou sobre o espaço cultural. “É gente simples que se faz cultura porque, aos outros, cabe a arrogância”, pontuou.

Os convidados

Dezenas de convidados estiveram presentes na Arena e saborearam um almoço preparado para comemorar o aniversário do espaço. O poeta Francisco Quintanilha, morador de São Vicente, registrou uma frase sobre o evento. “Arena Chiqueiral: onde os poetas se encontram e se confraternizam”, citou.

O jovem fazendeiro Alex Ramos comparou as amizades que o evento, naturalmente, cria com um verso da música do Grupo Fundo de Quintal: “A Amizade nem mesmo a força do tempo irá destruir”.

O professor de Geografia aposentado e colaborador da Arena, Aoéde Márcio, levou sua mãe dona Maria Amélia de Andrade Joaquim e sua irmã Maria Cristina de Andrade Joaquim. Ele, também, expressou seu sentimento pelo Centro de Lazer e Cultural. “Para mim, a Arena Chiqueiral chegou para resgatar a cultura do nosso município de Araruama e do nosso Terceiro Distrito de São Vicente de Paulo, cada vez mais aglutinando, em torno dela mesma, uma total efervescência de poetas, escritores e agentes culturais”, enfatizou.


Além desses componentes da sociedade local, o evento recebeu convidados do município vizinho, Rio Bonito. Entre eles, o empresário Renato Monteiro Parada com sua mãe, dona Néia Parada, e o poeta Ivan Navi. Renato sintetizou o evento com uma palavra. “Harmonia. Vejo tudo isso aqui como forma de manter a paz e conservá-la entre nós”, referenciou.


Durante a festa uma participação especial: parte do Grupo de Serenata Lua Branca, de Rio Bonito, abrilhantou a festa com canções que marcaram época. Maríssimo Pacheco Martins, a cantora Adriana, o cantor Luiz Antonio Moraes e Luiz Muniz (que toca o violão sete cordas) foram destaques. Maríssimo deu seu depoimento. “Vejo a Arena como amor à cultura. Isso vem de berço e a vontade de ver essa cultura tão sem apoio, atualmente, continuar sempre cultivada pelo povo, mesmo sem apoio dos poderes governamentais, gera encontros como este”, analisou.


Maríssimo destacou a ausência de quatro componentes do grupo por compromissos familiares e deixou um recado. “Gostaria de agradecer a oportunidade que o Daniel está nos concedendo”. Ele convidou, ainda, para os encontros semanais do Lua Branca, às quintas-feiras, a partir das 20h, na Sociedade Musical e Dramática Riobonitense, no Centro de Rio Bonito, intitulado “Quinta Musical”. Ele disse que, em seu município, comemora-se o Dia do Seresteiro no dia 18 de julho e o Dia de aniversário do Lua Branca é todo dia 07 de dezembro.


Como desfecho, Daniel de Mendonça Chaves, um homem simples, mas que conduz o Centro de Lazer e Cultural Arena Chiqueiral Sotero Teixeira de Souza com singeleza e maestria, não conseguiu definir o evento por ser tamanha a emoção. “Não dá para definir. A ficha ainda não caiu”, disse, com exclusividade, ao CULTURA VIVA.

Veja um pouco mais das comemorações dos 3 Anos da Arena Chiqueiral:












Assista um pouco da festa dos 3 Anos da Arena Chiqueiral:

https://www.youtube.com/watch?v=rjIYjhVqytg&feature=youtu.be 

Fotos: Divulgação





Foi lançado o edital para escolha dos atores que irão participar do Hebe, O Musical, com roteiro de Artur Xexeo e direção de Miguel Falabella. O edital foi lançado na última quarta-feira e já são mais de 500 candidatos. Inscrições seguem até o dia 27 deste mês. 

Mais de 500 pessoas já estão sendo avaliadas para participar das audições para o próximo passo da Plataforma Cultural Hebe Forever, encabeçada por Cláudio Pessutti: Hebe, O Musical, que terá roteiro de Artur Xexeo e direção artística de Miguel Falabella, produção de Luiz Oscar Niemeyer e Júlio César Figueiredo Júnior, coreografia de Fernanda Chamma e Cenografia e Designer Gráfico de Gringo Cardia, um tome de peso para fazer jus à trajetória da diva Hebe Camargo. As inscrições começaram nessa quarta-feira e encerram no dia 27 de julho. Os ensaios vão acontecer em agosto e setembro e a estreia do musical está prevista para outubro deste ano.
O musical é o segundo passo da Plataforma Cultural Hebe Forever, encabeçada por Cláudio Pessutti, e que terá ainda um filme, que será desmembrado em uma minissérie para TV e um documentário, um livro fotográfico e uma exposição com o acervo de Hebe. O musical será estreado no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, seguindo para o Rio, com grandioso elenco.
Os interessados devem encaminhar breve currículo e duas fotos, uma de rosto e outra de corpo, para o email audicao@atualc.com.br e as interessadas em fazer o papel de Hebe devem colocar no assunto “Personagem Hebe”. As audições estão sendo realizadas pela Atual e pela Bonustrack.
Sobre Hebe Camargo
Paulistana de Taubaté, Hebe conquistou os brasileiros desde suas primeiras aparições como cantora, ainda na Rádio Tupi, na década de 1940. Hebe fez parte da comitiva que foi a Santos buscar os primeiros equipamentos para dar início à rede Tupi, primeira rede de televisão brasileira. Desde então, nunca mais saiu do ar, tornando-se A Rainha da Televisão Brasileira. Com sua personalidade forte, Hebe foi e ainda é um dos maiores ícones da nossa televisão: participou da primeira transmissão ao vivo, iniciou o primeiro programa feminino da TV brasileira, se tornou uma das maiores entrevistadoras do país.
Sobre a Plataforma Cultural
Liderado por Cláudio Pessutti, o projeto iniciado com a biografia de Hebe e que segue com o Musical terá ainda diversos eventos culturais, que serão lançados em 2017 e 2018, como a EXPOSIÇÃO com todo o acervo da apresentadora, como roupas e joias, e um FILME, que será desmembrado em uma MINISSÉRIE para TV e um DOCUMENTÁRIO. O anúncio dos próximos passos será realizado em breve, bem como as parcerias de peso que cada produto terá.


Luan Santana se apresenta em Volta Redonda, no Rio, na noite do último domingo

|


O cantor Luan Santana se apresentou no Area Verde Pet, em Volta Redonda (RJ) na noite do último domingo.



A musa da escola de samba Mocidade, Giovana Angélica, e o empresário Alexis de Vaulx posaram para fotos com Luan, no camarim. 



Fotos: Daniel Pinheiro/Divulgação 


Espetáculo 'Alquimistas' leva a linguagem do clown ao Teatro Ruth Escobar

|


Com texto de Vicentini Gomez, o espetáculo infantil Alquimistas - Inventores de Inventos estreia no dia 12 de agosto(sábado, às 17h30), na Sala Gil Vicente do Teatro Ruth Escobar. A peça - dirigida por Carlos Meceni - tem linguagem clownesca e elenco formado por Pedro Paulo Vicentini, Camila Doná e Pedro Daher.

Diz a lenda que os alquimistas buscaram incessantemente descobrir o elixir da vida eterna e a transformar metal em ouro, o que proporcionaria riqueza, abundância e juventude ao homem. Essa busca os levou a pequenos inventos, tornando-se os precursores da química moderna. Assim, de coração partido pela rejeição da amada, o personagem Orfeu (Pedro Paulo) se aventura nos experimentos alquímicos. Seu sonho é transformar pedra em ouro para encantar o seu amor. Envolvido em suas experiências, ele não percebe a invasão de dois amigos – Hepaminondas (Daher) e Emília (Camila), que procuram uma simples pedra para um trabalho escolar.

Explorado a estética do clown, as personagens invadem as gags dos palhaços, transformando o espetáculo em uma palhaçaria cantada. O enredo também visita músicas da nossa infância, extraídas da cultura popular, relembrando paixões e fantasias que transformam os sonhos de Orfeu em risadas e muitas brincadeiras.


Segundo Carlos Meceni, Alquimistas - Inventores de Inventos é um espetáculo com ritmo, dinamismo e muita ação. Os três jovens se envolvem em uma série de quiprocós que resulta em um jogo continuo recheado pela música, outros sons, aventuras e até trava-línguas.

Ficha técnica / serviço

Texto:  Vicentini Gomez
Direção: Carlos Meceni
Elenco: Pedro Paulo Vicentini, Camila Doná e Pedro Daher
Direção musical: Michel Vicentine Martins
Figurinos e adereços: Neide Silva
Concepção cênica: Carlos Meceni


Espetáculo: Alquimistas - Inventores de Inventos
Estreia: 12 de agosto. Sábado, às 17h30
Teatro Ruth Escobar (Sala Gil Vicente)
Rua dos ingleses, 209. Vela Vista/SP. Tel: (11) 3289.2358
Temporada: 12/08 a 26/11 - Sábados e domingos, às 17h30.
Duração: 50 minutos. Indicação de idade: 3 anos. Capacidade: 320 lugares.
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e 20,00 (meia)
Bilheteria: quinta e sexta (14h às 21h30), sábado (12h às 21h30) e domingo (12h às 19h30).
Aceita cartões de débito/crédito (MC/V/E/D). Ar condicionado. Acessibilidade.

O autor Vicentini Gomez

Vicentini Gomez é ator, dramaturgo e cineasta. Tem 40 anos de carreira, conquistando diversos prêmios no cinema, teatro e TV, como o Mambembe, Apetesp e o de melhor filme da Jornada de Cinema da Bahia, entre outros. Seu filme Porto das Monções vem sendo exibido em congressos e faculdades de história de várias cidades do país. Com seus espetáculos teatrais, fez turnês pela Europa e América do Sul. Seu maior sucesso foi a comédia Confidências de um Espermatozóide Careca, que circulou pelo Brasil por 15 anos consecutivos. Na TV, atuou em 22 telenovelas e séries, sendo alguns personagens marcantes como Serjão, o sequestrador atrapalhado de Avenida Brasil, e Delegado Cavalcante, em Joia Rara (prêmio Emmy de Melhor Telenovela), ambas na Rede Globo. Mais recentemente, viveu o Italiano Giuseppe Cavichioli, na novela Cúmplices de um Resgate (SBT). Suas produções cinematográficas foram classificadas em mais de 50 festivais de cinema e vídeo no Brasil e Exterior. Atualmente, está em fase de produção do longa-metragem Justiça – uma História!  e lançando História & Estórias, que celebra os 100 anos de Presidente Prudente.

O diretor Carlos Meceni 

Carlos Meceni é diretor, ator, autor. Sua trajetória registra mais de cem espetáculos teatrais. Já participou como ator em 22 filmes, muitos deles premiados internacionalmente, e em 19 telenovelas. Detentor de diversos prêmios como   Molière, APCA, Governador do Estado, Mambembe, INACEM, Sharp e Apetesp. Atualmente, está em cartaz nas séries Prata da Casa (na Fox) e O Homem da Sua Vida (HBO); no cinema com o filme Real, o Plano; e no teatro com Doze Homens e uma Sentença, com o Grupo TAPA.

Fotos: Carlos Meceni



'Quem Indica o Quê' com Marcos Paulo Ramos

|


QUEM? Marcos Paulo Ramos.

OCUPAÇÃO: Empresário.

INDICA O QUÊ? O livro “Energias Renováveis, Geração Distribuída e Eficiência Energética”, do autor José Roberto Simões Moreira.

SUA OPINIÃO: A maneira de se relacionar com o planeta e seus recursos é de extrema importância para a sociedade do século XXI, que utiliza um volume de energia maior do que nunca na história. O livro aborda temas cada vez mais atuais, como as principais fontes renováveis (solar, biomassa, ondas, marés, geotérmica e eólica). 

Foto: Arquivo pessoal de Marcos Paulo Ramos

Mario Canna no 'Quem Indica o Quê'

|


QUEM? Mario Canna.

OCUPAÇÃO: Comerciante.

INDICA O QUÊ? O livro “Guia do ciclista urbano”, do autor Alex Gomes (Editora Scortecci).

SUA OPINIÃO: É o básico para quem está começando a pedalar na cidade, mas também uma leitura muito gostosa para quem já é experiente, numa linguagem fluida que faz com que você leia o livro todo numa tacada só. 

Foto: Arquivo pessoal de Mario Canna

Alexsandro Barcellos (Pashupati Manittu) no 'Quem Indica o Quê'

|


QUEM? Alexsandro Barcellos da Silva (Pashupati Manittu).

OCUPAÇÃO: Massoterapeuta e Terapeuta tântrico.

INDICA O QUÊ? O livro “Tantra, o caminho da aceitação”, do autor Osho.

SUA OPINIÃO: É um lindo livro e uma ótima introdução ao Tantra. 

Foto: Divulgação

Alexis de Vaulx e Jean Christophe Marois receberam celebridades em festa no Rio

|


Alexis de Vaulx e Jean Christophe Marois receberam, na The Mansion, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro: Giovana Angelica, João Paulo Mantovani Felipe e Alisson do Full House Violin Live, em comemoração da Festa Nacional da França.


As personalidades marcaram presença no camarote VIP.

Um pouco mais da festa:






Fotos: Daniel Pinheiro